Santa Sofia

A Basílica de Santa Sofia (Ayasofya) construída pelo imperador Justiniano entre os anos 527 e 537 para reafirmar o poderio de Roma e do cristianismo. Após a queda de Constantinopla perante o Império Otomano, no século 15, foi convertida em mesquita – mas nem os sultões tiveram coragem de desconfigurar tamanha beleza. No máximo, acrescentaram os poderosos minaretes ao seu exterior.

Hoje o magnífico edifício é um museu, no qual as cúpulas e paredes pintadas são a maior atração. Do outro lado da rua (acessível por uma entrada separada e paga à parte), a Cisterna da Basílica, também construída por Justiniano em 532, merece ser vista. Escorada por colunas em vários estilos, servia para abastecer o glorioso palácio de Topkapi.

Publicidade