Parque Nacional da Chapada dos Guimarães

Uma das principais atrações do cerrado brasileiro, tem enormes formações rochosas de arenito, mirantes com vista que alcança a planície pantaneira e muitas cachoeiras, graças à hidrografia rica e às mudanças bruscas de altitude. Há cinco formas para explorar o parque: conhecer o mirante da Cachoeira Véu de Noiva, o Circuito das Cachoeiras (que inclui a gruta Casa de Pedra), o Vale do Rio Claro, o Morro de São Jerônimo e a Cidade de Pedras. A visitação das atrações está sujeita aos horários e regras da administração do parque; informe-se nas agências (leia abaixo).

Acesso:
Pelo km 50 da MT-251 (Rod. Emanuel Pinheiro, que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães), a 13 km do Centro.

Melhor época:
As temperaturas elevadas no verão tornam os banhos de cachoeiras mais refrescantes; a ausência de chuvas no inverno facilita as caminhadas (mas o ar seco devido às queimadas, comuns nesse período, pode incomodar).

Informações: Instituto Chico Mendes, 3301-1133, 8h/12h e 14h/18h, icmbio.gov.br/parnaguimaraes. O parque abre das 9h/16h30 e não cobra ingresso. Exceto o mirante do Véu da Noiva, para visitar qualquer atração é obrigatório contratar guias credenciados nas pousadas ou nas agências: Chapada Explorer, 3301-1290; Chapada Off Road, 3301-2441. Os passeios podem ser feitos com veículo próprio ou das agências; nas trilhas, é recomendável usar meias e calçados adequados para caminhadas, chapéu e protetor solar.

Publicidade