Palácio Dolmabahce

Eis um palácio capaz de fazer os lustres de Versalhes tremerem de inveja. Construído no século 19 para servir de residência para o último sultão, o Palácio Dolmabahce foi moradia temporária para o presidente Atatürk – o pai da moderna Turquia, que faleceu em um de seus aposentos, conferindo uma áurea sagrada ao local (os relógios do lugar foram parados na hora de sua morte e assim permanecem até hoje). As visitas são todas guiadas e as filas costumam ser uma provação.

Dentre os destaques do complexo estão o luxuoso e amplo Salão Cerimonial (que pode abrigar mais de 2000 pessoas), a elaborada Porta Imperial (que dá acesso ao palácio e, na época do império, de uso exclusivo do sultão e seus ministros) e a Escadaria de Cristal, feito de mogno, cristais Baccarat e bronze.

Publicidade