Museu Tumbas Reales de Sipán

Endereço: Avenida Juan Pablo Vizcardo y Guzmán, 895, Lambayeque (a 15 minutos de Chiclayo) - LambayequeTraçar rota

Telefone: (51) (74) 28-3977 / 28-3978

Site: http://www.museotumbasrealessipan.pe

Guia Quatro Rodas: starsstarsstarsstarsstarsSem classificação

Concebido a exemplo das antigas huacas (templos cerimoniais) moches, o Museu Tumbas Reales de Sipán guarda os restos mortais e suntuosos espólios dos principais governantes da costa norte do Peru nos tempos pré-incaicos. O acervo está distribuído em um prédio de formato piramidal com três pavimentos que reproduzem a dinâmica de um santuário moche. Inaugurado em novembro de 2002, o museu apresenta instalações modernas e pode ser percorrido em três ou quatro horas.

Ali estão os despojos do Senhor de Sipán, governante moche cuja tumba foi encontrada em 1987 pela equipe liderada pelo arqueólogo peruano Walter Alva, atual diretor do museu. A descoberta revolucionou a pesquisa e o entendimento sobre as civilizações pré-incaicas do antigo Peru. Em tempo, Sipán é uma palavra de origem mochica que significa Casa da Lua ou Casa dos Senhores.

O acervo reúne o material retirado das escavações no sítio arqueológico Huaca Rajada, onde até o momento já foram encontrados 16 contextos funerários de personagens da elite moche de diferentes graus hierárquicos e de épocas distintas. No total, são mais de 5 mil peças, entre joias, coroas, artefatos de batalha, objetos de metal (ouro, cobre e prata) e de cerâmica, tecidos e esqueletos, entre outros.

O museu fica no município de Lambayeque, a 15 minutos de Chiclayo. Há loja de souvenires, lanchonete e instalações de apoio ao visitante. A entrada custa 10 soles por pessoa. Fotos e filmagens são proibidas.

Sobre o estabelecimento

Horário de funcionamento

De terça-feira a domingo, das 9 às 17h

Estacionamento

Sem estacionamento

Mapa

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.