Mercados da Cidade Velha

Guia Quatro Rodas: starsstarsstarsstarsstarsSem classificação

A incrível atmosfera de ruelas apertadas e dezenas de lojas acotovelando-se lado a lado dão o incrível tom do mercado da cidade velha de Jerusalém. Exatamente por sobre esses corredores apertados marcharam tropas romanas, fiéis judeus caminhavam rumo ao Templo e conquistadores árabes estabeleceram seus bazares. Por aqui vendem-se especiarias, tecidos, candelabros, joias e alimentos. Nas tendas multicoloridas e nos sortidos estabelecimentos encontram-se senhores árabes tomando chá e café – dulcíssimos, garotos palestinos com camisas de futebol da liga inglesa e muitos turistas maravilhados com o agito do local. Entre uma loja e outra tropeça-se em história, como alguns passos da Via Dolorosa de Cristo e calçamentos de 2 mil anos.

Uma boa forma de explorar esse mundo é sair do Portão de Jaffa, descendo a rua Davi, que divide os distritos cristão e armênio. Ao fim dela estarão os souqs (mercados, em árabe), em ruelas paralelas que confluem para o souq Khan Ez-Zheit até o portão de Damasco, ladeando a igreja do Santo Sepulcro. Se seguir em frente, pela rua Bab-El-Silsileh (Chain Street) – em meio a mais lojinhas, chegará nas proximidades do Muro das Lamentações. Oportunidades para descansar as pernas é o que não faltam, já que por todo o trajeto há lugares que vendem kebabs, doces e falaféis.

Sobre o estabelecimento

Estacionamento

Sem estacionamento

Mapa

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.