British Museum

Endereço: Great Russell Street WC1B3DG - Traçar rota

Telefone: (44) (20) 323-8299

Site: http://www.britishmuseum.org

Guia Quatro Rodas: starsstarsstarsstarsstarsVale a viagem

Um dos mais fantásticos museus de Londres, e o mais antigo do mundo, fundado em 1753, o Museu Britânico carrega uma certa aura de polêmica, já que parte dos destaques de seu acervo é objeto de disputa com seus países de origem. A Pedra de Rosetta (a chave para o deciframento dos hieróglifos egípcios), os Mármores Elgin (extensos fragmentos do Parthenon de Atenas) e os fantásticos bronzes do Benin são algumas das peças expostas ali. Polêmicas à parte, a visita é obrigatória e, se feita de forma como se deve, poderia levar dias – o acesso é gratuito. Não deixe de conhecer as seções da Mesopotâmia, Egito e Grécia e a icônica sala de leitura, no centro do grande pátio, outrora frequentada por figuras como Bram Stoker, Conan Doyle, Marx e Lênin. 

DESTAQUES DA COLEÇÃO

São dois milhões de objetos, ou seja, é praticamente conhecer o acervo sem que haja uma breve seleção e foco. Aqui estão algumas das peças e áreas que você não deve deixar de conhecer:

Mármores Elgin: fragmentos do frontão e dos frisos do Parthenon de Atenas, Grécia;

Pedra de Rosetta: a estela descoberta pelas tropas de Napoleão no Egito foram a chave para a compreensão dos hieróglifos por Champolion. Nela está inscrita um decreto de Ptolomeu V em três escritas diferentes: os hieoglifos, demótico e grego antigo;

O Great Court, cercando a antiga sala de leitura da biblioteca. Reformada pelo arquiteto Norman Foster, foi aqui que Karl Marx delineou parte dos conceitos fundamentais de O Capital;

Os relevos do Palácio de Ninive, vindos da Mesopotâmia;

 

 

 

 

Sobre o estabelecimento

Horário de funcionamento

Aberto diariamente: 10h/17h30, 6ª 10h/22h30

Formas de pagamento

Grátis. Algumas das mostras temporárias são pagas.

Estacionamento

Sem estacionamento

Mapa

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.