Israel

Site: http://www.tourism.gov.il

Capital: Jerusalém

População: 7.500.000 hab

Fuso horário: 5h (horário de Brasília)

Código de área: 972

Localização: Ásia

Terra Santa, sagrada e querida, tão disputada que motivou cruzadas, intifadas e batalhas campais. Israel é um estado histórico, mas muito jovem, criado em 1948 para servir como lar para os judeus que por quase dois mil anos se espalharam pelo mundo, expulsos pelos romanos. De lá para cá conflitos espocaram, mártires surgiram. O fato é que todo visitante logo percebe que esse é um país único. Para muitos, um destino a ser evitado, para outros tantos, a viagem de uma vida.

Aqui está a Jerusalém de Davi, onde Cristo pregou e foi crucificado e Maomé ascendeu aos céus. Das encostas do monte das Oliveiras ao Muro Ocidental, do reluzente Domo da Rocha aos mercados da Cidade Velha, culturas, religiões e povos vêm cruzando seus caminhos por aqui a milênios, criando uma atmosfera única, densa e de atroz encanto. Siga os passos de Jesus em Nazaré e Belém, onde está a Igreja da Natividade, conheça a vida comunitária dos kibutzim e suba ao alto do altivo forte em Masada. Aos seus pés está o Mar Morto, mais profunda depressão terrestre, quase 400 metros abaixo do nível do mar, com águas tão salobras que é praticamente impossível afundar nelas. Por onde quer que se vá a segurança é extrema e percebe-se certa tensão no ar, mas beleza e emoção andam lado a lado com as preocupações do dia-a-dia. Apesar de eventuais dores de cabeça com bloqueios nas estradas, revistas do exército e conversas enviesadas, Israel é certamente mais seguro para o turista do que outros lugares no globo. Contudo, evite áreas de conflito e siga as regras de segurança.

A infraestrutura turística costuma ser excelente (apesar de muitas coisas estarem escritas apenas em hebraico ou árabe). Já a cozinha é leve, saborosa e saudável, com muitos pratos conhecidos dos nossos restaurantes árabes, como os onipresentes falafel e homus. Isso para não cair na obviedade de dizer que aqui há ótimas opções tanto de comida kosher como de restaurantes internacionais, afinal, este é um país de toda a humanidade.

Nota

Dentro do território israelense desenvolve-se a criação de uma Palestina independente. As travessias das ‘fronteiras’ nem sempre são fáceis, mas esse é o preço cobrado para visitar destinos importantes como Belém e Jericó.

Informações ao viajante

Línguas: Hebraico e Árabe. Inglês e francês são amplamente compreendidos.
Moeda: Shekel
Visto: Não é necessário

Embaixada oficial no Brasil:
SES Av. das Nações – Qd. 809 – Lote 38 Asa Sul – Brasília/DF
061-2105-0514
http://brasilia.mfa.gov.il

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s