Terrinha à vista – Onde é melhor

Portugal: passeios, hotéis, restaurantes, baladas, e lugares para comprar

LISBOA (351/21)

Ficar

Dentro do Castelo de São Jorge, o Solar do Castelo (Rua das Cozinhas, 2, www.solardocastelo.com; diárias desde € 199; Cc: A, M, V) ocupa um belo casarão do século 18. O Bairro Alto Hotel (Praça Luís de Camões, 2, www.bairroaltohotel.com; diárias desde € 250; Cc: A, D, M, V) é opção confortável no Chiado. Na Avenida da Liberdade, a “Champs-Élysées” de Lisboa, está o Heritage (nº 28, www.heritage.pt; diárias desde € 169 sem café; Cc: A, M, V). Vizinho à Torre de Belém, o moderno Altis (www.altishotels.com; diárias desde € 170; Cc: A, D, M, V) é a novidade. No centro histórico, o hostel Travellers House (Rua Augusta, 89, www.travellershouse.com; diárias desde € 54 para quarto duplo e € 18 para quarto coletivo; Cc: A, M, V) tem atividades noturnas e internet free. Econômico e bem localizado, o Gat Rossio (Rua do Jardim do Regedor, 27-35, www.gatroomspt.com; diárias desde € 80; Cc: A, M, V) exibe ambientes moderninhos.

Comer

Único estrelado pelo Guia Michelin na capital, o Tavares (Rua da Misericórdia, 35, 342-1112; Cc: A, D, M, V) tem menu criativo e ambientação de época. O chiquetoso Eleven (Rua Marquês da Fronteira, 386-2211; Cc: A, M, V) está no alto do Parque Eduardo VII e serve menu degustação por € 89. Também badalado, o Bica do Sapato (Avenida Infante Dom Henrique, Cais da Pedra, 881-0320; Cc: A, M, V) serve receitas variadas por cerca de € 30. O Solar dos Presuntos (Rua das Portas de Santo Antão, 150, 342-4253; Cc: A, M, V), na Baixa lisboeta, serve um ótimo bacalhau a lagareiro por € 17. Para tomar um café observando a Praça do Comércio, vá ao Martinho da Arcada (Praça do Comércio, 3, 887-9259; Cc: A, M, V), que também é restaurante. Ainda na Baixa, a Confeitaria Nacional (Praça da Figueira, 18-B, 342-4470; Cc: A, M, V), de 1829, tem mais de 70 tipos de doce. Cheia de turistas, a cafeteria A Brasileira (Rua Garrett, 120, 346-9541; Cc: A, M, V), de 1905, teve entre seus clientes Fernando Pessoa, que pode ser visto numa estátua de bronze. Para provar o pastel de natas mais famoso do país, é só ir à Pastéis de Belém (Rua de Belém, 84-88, 363-7423; Cc: A, M, V).

Passear

O jeito mais autêntico de fazer um city tour é no clássico eléctrico 28 (€ 2,50). Pelo Elevador de Santa Justa (7h/21h; € 3) você chega ao Convento do Carmo (Largo do Carmo; 3ª/sáb 10h/18h; € 2,50), com ruínas e um museu de arqueologia. Na Alfama, em um dia dá para conhecer a Igreja de Santo António (Largo Santo António à Sé, 24; 10h/18h), a (Largo da Sé, 2ª 10h/17h, 3ª/sáb 10h/19h), o Panteão Nacional (Campo de Santa Clara; 3ª/dom 10h/17h; € 2,50), o Mosteiro de São Vicente de Fora (Largo de São Vicente; 3ª/dom 10h/17h; € 4) e o Castelo de São Jorge (9h/18h; Cc: A, M, V; € 7). Em Belém ficam o Mosteiro dos Jerónimos (Praça do Império; 3ª/sáb 10h/17h30; € 7, entrada gratuita na igreja), a Torre de Belém (Praça do Império; 3ª/dom 10h/17h; € 5), o Padrão dos Descobrimentos (Avenida Brasília; 3ª/dom 10h/17h30; € 2,50), o Centro Cultural de Belém (Praça do Império; 2ª/6ª e dom 10h/19h, sáb 10h/22h), com uma coleção de obras-primas dos séculos 20 e 21, e o Museu Nacional dos Coches (Praça Afonso de Albuquerque; 3ª/sáb 10h/18h; € 5), que exibe carruagens dos séculos 17 ao 19. O ótimo Museu Nacional do Azulejo (Rua Madre de Deus, 4; 3ª 14h/18h, 4ª/dom 10h/18h; € 5) fica ao lado de Santa Apolónia, no caminho da Expo, onde estão o teleférico (Passeio das Tágides, Estação Norte; 11h/19h; € 6 ida e volta), o Oceanário (Esplanada Dom Carlos I; 10h/18h; Cc: A, D, M, V; € 13) e a Gare do Oriente (Avenida Dom João II). Perto do alto do Parque Eduardo VII, a Fundação Calouste Gulbenkian (Avenida de Berna, 45-A; € 7) tem museu, centro de arte e espetáculos. Para ouvir um fado, são boas pedidas a Tasca do Jaime (Rua da Graça, 91; sáb/dom 16h/20h), onde os músicos cantam o fado vadio (de improviso), e a Mesa de Frades (Rua dos Remédios, 139-A; 2ª e 4ª/sáb 20h30/2h).

Agitar

Nas noites de quinta a sábado, o Bairro Alto fica tomado de galera jovem, que bebe em pé, na rua. Menos despojado, o Pavilhão Chinês (Rua Dom Pedro V, 89-91) é decorado com peças de colecionismo. A discoteca mais badalada é a Lux (Avenida Infante Dom Henrique, www.luxfragil.com), do ator John Malkovitch. A BBC (Avenida de Brasília) combina bares, discoteca e restaurante. Para apreciar o entardecer, vá ao O Terraço (Calçada do Marquês de Tancos, 1100).

Comprar

A Feira da Ladra (Campo de Santa Clara; 3ª e sáb 9h/18h) é o mercado das pulgas de Lisboa. Vendido nos mercados, o queijo da Serra da Estrela também é encontrado no Sabor Serrano (Gare do Oriente). Para fazer compras à antiga, vá à Conserveira de Lisboa (Rua dos Bacalhoeiros, 34; 2ª/sáb 9h/19h), que tem enlatados vintage, e à loja A Vida Portuguesa (Rua Anchieta, 11; 2ª/sáb 10h/20h). Há três enormes outlets nos arredores da cidade, o Freeport (Avenida Euro, 2004, Alcochete; 2ª/5ª 10h/22h, 6ª/sáb 10h/23h, dom 10h/22h), a 40 km, o Campera (EN-3, Carregado; 10h/22h), a 45 km, e o Decathlon (Zona de Alfragide; 2ª/sáb 9h/22h, dom 9h/13h).

SINTRA (351/21)

Ficar

Clássico e confortável, o Law­rence’s Hotel (Rua Consiglieri Pedroso, 38-40, 910-5500, www.lawrenceshotel.com; diárias desde € 174; Cc: A, M, V; ) era o preferido do poeta inglês Lord Byron.

Comer

O Tacho Real (Rua da Ferraria, 4; Cc: A, M, V) tem ambiente medieval e cardápio variado. Para provar o travesseiro de Sintra, doce de massa folhada com amêndoas, vá à Pastelaria Piriquita (Rua das Padarias, 1-7, 923-0626; Cc: A, M, V).

Passear

Vizinhos, o Castelo dos Mouros (923-7300; 10h/17h; Cc: A, M, V; € 5) e o Palácio Nacional da Pena (10h/17h; € 9) ficam na Estrada da Pena, no alto da serra. No centro estão o Palácio Nacional de Sintra (Largo da Rainha Dona Amélia; 2ª/3ª e 5ª/dom 9h30h/17h; € 5) e a Quinta da Regaleira (Estrada de Monserrate; 10h/17h; € 6).

ÓBIDOS (351/26)

Ficar

Dentro da fortaleza, a Pousada do Castelo (295-5080, www.pousadas.pt; diárias desde € 160; Cc: A, D, M, V) tem ótimos quartos.

Comer

Na rua principal, o restaurante Alcaide (Rua Direita, 60, 262-959-220; Cc: A, M, V) ocupa um salão espartano e antiquado, mas prepara um saboroso polvo à lagareiro (€ 12,50).

ALCOBAÇA (351/26)

Comer

A Pastelaria Alcôa (Praça 25 de Abril, 259-7474; 8h/19h30), em frente ao mosteiro, prepara doces caprichados. Na dúvida, prove os ovos do paraíso (€ 2).

Passear

No Mosteiro de Santa Maria (Praça 25 de Abril, www.mosteiroalcobaca.pt; 9h/17h; € 6), os túmulos de Pedro e Inês de Castro foram feitos com lindos baixos-relevos.

BATALHA (351/24)

Passear

Com fachada gótica, claustro manuelino e um curioso conjunto de capelas sem teto, o Mosteiro de Santa Maria de Vitória (Praça Mouzinho de Albuquerque, 476-5497; 9h/17h; € 6) é uma das maravilhas de Portugal.

PORTO (351/22)

Ficar

Inaugurado em 2010 no lugar do antigo Teatro Baquet, de 1859, o Teatro Hotel (Rua Sá Bandeira, 84, www.hotelteatro.pt; diárias desde € 115; Cc: A, M, V) é todo temático. Em pleno Cais da Ribeira, o Pestana Porto (Praça da Ribeira, 1, www.pestana.com; diárias desde € 135; Cc: A, D, M, V) ocupa um bonito casarão. Aberto em 1880, o Grande Hotel do Porto (Rua de Santa Catarina, 197, www.grandehotelporto.com; diárias desde € 130; Cc: A, M, V) passou por reformas, mas não perdeu a pompa de época. Perto do Café Majestic, o Mercure Centro (Praça da Batalha, 116, www.accorhotels.com; diárias desde € 154; Cc: A, D, M, V) repete o padrão da rede e faz promoções diárias. Moderninho e descolado, o Infante Sagres (Praça D. Filipa de Lencastre, 62, www.hotelinfantesagres.pt; diárias desde € 120; Cc: A, D, M, V) tem clima intimista. Entre os albergues, há o Rivoli Cinema Hostel (Rua Dr. Magalhães Lemos, 83, 1º andar, www.rivolicinemahostel.blogspot.com; diárias desde € 18 nos quartos coletivos), bem no centro histórico. Em setembro passado, Vila Nova de Gaia ganhou o The Yeatman (Rua do Choupelo, www.theyeatman.com; diárias desde € 184; Cc: A, M, V), que tem spa, alta gastronomia e vista para o Porto. Também em Gaia, há o Meliá (Rua Diogo de Macedo, 220, www.solmelia.com; diárias desde € 61 sem café; Cc: A, M, V), com quartos confortáveis.

Comer

No ótimo restaurante do hotel The Yeatman (Rua do Choupelo, Vila Nova de Gaia, 013-3100; Cc: A, M, V), para driblar os € 80 do menu degustação, vá no almoço, quando há um menu expresso por € 32. No Cais da Ribeira, o Dom Tonho (200-4307; Cc: A, M, V) faz um ótimo bacalhau por € 17,50. Cosmopolita e com boa música, o Cafeína (Rua do Padrão, 100, 610-8059; Cc: A, D, M, V) inspira-se nas cozinhas francesa e italiana. No moderninho Foz Velha (Esplanada do Castelo, 141, 615-4178; Cc: A, M, V) há releituras de clássicos portugueses. Aberto em 1921, o Café Majestic (Rua de Santa Catarina, 112, 200-3887; Cc: M, V) é todo art nouveau. A cerca de 130 km do Porto fica o agradável restaurante DOC (Estrada Nacional, 222, Folgosa, 25/485-8123).

Passear

A Torre dos Clérigos (Rua São Felipe de Nery; 9h30/13h e 14h/19h; € 2), do século 18, fica pertinho da Livraria Lello (Rua das Carmelitas, 144; 2ª/6ª 10h/19h30, sáb 10h/19h), de 1906. Erguida no século 20, a Estação Ferroviária de São Bento exibe lindos azulejos. A Sé Catedral (2ª/sáb 9h/12h15 e 14h30/17h15, dom 14h30/17h15) é o grande ícone medieval da cidade. Mais afastada da área histórica está a Casa da Música (Avenida da Boavista, 604-610; 2ª/sáb 10h/19h, dom 10h/18h; € 3), arrojado edifício de 2005. Pertinho da Ribeira estão o Palácio da Bolsa (Rua de Ferreira Borges; € 6 a visita guiada), edifício neoclássico com um salão inspirado na Alhambra, e a Igreja de São Francisco (Rua Infante D. Henrique; 9h/17h30; € 3,50), recheada com 200 quilos de ouro. Às margens do Douro ficam o Cais da Ribeira e o cenário clássico do Porto: o casario, a passarela de bares e a majestosa Ponte Dom Luís I. Os passeios de rabelo pelo rio (€ 10) passam debaixo de seis pontes e são feitos pelas empresas Barcadouro (www.barcadouro.pt) e Douroazul (www.douroazul.com), entre outras. Elas também promovem cruzeiros de um dia para o vale do rio. Para visitar as vinícolas de carro (a 130 km), agende na Quinta do Seixo (25/447-3800) e na Quinta do Panascal (25/473-2321). Em Gaia ficam as caves de vinho do Porto, como a Ferreira (374-6106) e a Croft (374-2000).

GUIMARÃES (351/25)

Ficar

O modernoso Hotel Villa (Avenida Dom João IV, 631, 342-1440; www.villa-hotel.net; diárias desde € 120; Cc: A, M, V; ) tem boa relação custo/benefício.

Comer

Numa bonita casa com paredes de pedra, o Solar do Arco (Rua de Santa Maria, 48-50, 351-3072, www.solardoarco.com; Cc: A, M, V) serve boas receitas portuguesas.

Passear

Do século 10, o Castelo de Guimarães (Rua Conde Dom Henrique, 341-2273; 3ª/dom 9h30/12h30 e 14h/17h30) é o local do nascimento de dom Afonso Henriques. Ao lado, o Paço dos Duques (3ª/dom 9h30/12h30 e 14h/17h30; € 2), do século 15, tem salões medievais. O Museu de Alberto Sampaio (Rua Alfredo Guimarães; 3ª/dom 10h/17h15; € 3) guarda esculturas, pinturas, tecidos e cerâmicas.

Leia mais:

Terrinha à vista

Terrinha à vista – O essencial

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s