Lisboa para Crianças

Dicas de passeios e atividades para quem planeja uma viagem em família a Portugal

Se há um lugar muito divertido para levar as crianças, no exterior, este destino é Portugal. Tudo contribui para uma experiência familiar bacana: elas poderão interagir mais com as pessoas, estarão em contato direto com nossa história em comum e se deliciarão com a gastronomia local, que certamente as deixarão felizes. Atrações variadas e divertidas não faltarão: praias, parques, castelos, palácios e um dos melhores aquários do planeta. Todas as cidades portuguesas têm bons atrativos para toda a família, mas Lisboa concentra tal número delas que é a escolha mais óbvia para uma estada mais longa. Em poucas palavras, é muito legal levar a criançada para Lisboa.

A atração: Palácio de Queluz

Poucos quilômetros separam a pequena Queluz do centro da capital, onde um simpático palácio aguarda sua visita. O belo salão de festas e seus amplos jardins já tornariam o passeio certeiro, mas há duas razões para elegê-la “a” atração lisboeta para os pimpolhos. Para os mais crescidinhos, aqui eles poderão entender um pouco mais da história do Brasil, seguindo os passos de Dom João VI, Dona Carlota Joaquina e Dom Pedro I, que nasceu e morreu no quarto conhecido como Dom Quixote, decorado com cenas da obra de Miguel de Cervantes. Um programa mais arejado é o show de cavalaria que ocorre no picadeiro, nos fundos do jardim. Cavaleiros garbosos e suas belas montarias fazem uma demonstração de arte equestre que certamente agradará a todos, crianças e adultos.

Passeios para toda a família

O Palácio da Pena, em Sintra, agrada tanto os meninos como as meninas. A arquitetura samba-do-alemão-doido deste monumento nacional é um pequeno mundo da fantasia, com ameias, paredões e torres coloridos. A imagem do Tritão pode até assustar um pouco, mas a decoração, ora indiana, ora medieval, atiça a curiosidade de todos.

A Torre de Belém é não somente o principal símbolo de Portugal como um passeio muito bacana. Provoque a imaginação das crianças com histórias de caravelas e naus partindo do rio Tejo para conquistar o mar-oceano, contornando o Cabo da Boa Esperança, chegando a Calicute e descobrindo o Brasil.

Já que o assunto é o mar, saiba que o Oceanário de Lisboa é simplesmente superlativo, certamente uma das melhores atrações da cidade. Ladeando o gigantesco tanque central estão quatro ambientes que simulam os habitats polar, temperado, tropical e do Atlântico Norte. Só os setores de manutenção e estudos marinhos já valeriam a visita.

Um passeio igualmente atraente é o soberbo Museu do Oriente. Ali você encontrará uma mostra bem curada sobre as aventuras lusitanas na Ásia e o intercâmbio cultural naquelas terras. Para as crianças, porém, além de armaduras samurais o barato são as atividades familiares aos domingos. Ótima opção para os dias chuvosos ou para quando todos quiserem fazer algo mais introspectivo.

Outro lugar bacana para conhecer é o Kidzania Lisboa. Nesta pequena “cidade”, localizada dentro de um shopping center, as crianças poderão “trabalhar” em restaurantes, correios, bombeiros, hospital e muito mais, tudo em proporção para que elas possam curtir uma tarde animada.

Comidinhas infalíveis

É quase covardia enumerar a quantidade de bons pratos que agradarão as crianças em Lisboa. Tudo bem, talvez elas torçam o nariz para as sardinhas, mas os pastéis de Belém, os doces do bairro de Alfama (qualquer bodega simplezinha vende fios de ovos insanamente saborosos) e os bolinhos (pastéis) de bacalhau são uma felicidade só.

Meio de transporte

No sobe e desce das colinas de Lisboa, que certamente acabarão com as pernas dos que empurram carrinhos de bebê, nada como tirar proveito dos bondes elétricos e elevadores nos dois flancos da Praça do Rossio. O Elétrico 28 é o mais turístico dos bondinhos, levando-lhes próximo à Sé e ao Castelo São Jorge. Já o elegante Elevador Santa Justa oferecerá belas vistas do Centro da cidade.

Para deixá-las exaustas

Atividades ao ar livre não faltam em Lisboa. Para vistas deslumbrantes do Tejo, entre árvores frondosas e esquilos, opte pelo Parque de Monsanto, uma enorme área verde debruçada sobre a cidade. Aliás, espaço também não falta no Parque das Nações – que engloba o Pavilhão do Conhecimento e o Oceanário – que, porém, é um pouco mais “árido” que Monsanto.

Para um autêntico programa de veraneio lisboeta, siga o rumo do litoral aberto de Estoril, Cascais e Sintra e divirta-se nas movimentadas praias do Guincho, Carcavelos e Tamariz. Há também piscinas de água do mar com boa infraestrutura, com bar, vestiários e aluguel de equipamentos. Algumas boas opções estão em Oeiras (junto à marina da Praia das Torres, com trampolins e bar), Arribas (entrada paga, no hotel mais ocidental da Europa) e Praia das Maçãs (no hotel Sintra Sol, entrada paga, mas grátis para os menores de 5 anos).

Oceanário de Lisboa, Portugal

Peixes-palhaço são só um dos muitos habitantes do Oceanário de Lisboa. Crédito: Emerging Birder Creative Commons

Programa de adolescente

Um dos melhores passeios para adolescentes em Lisboa é o Museu da Marinha. Ele conta, em forma de uniformes, maquetes, quadros, mapas e instrumentos náuticos a rica história naval de Portugal. O destaque é a última parte do tour, por entre embarcações, verdadeiras e réplicas, de galés a barcos olímpicos, passando por um dos hidroaviões utilizados durante a primeira travessia aérea do Atlântico Sul. Junto ao museu encontra-se o Planetário Calouste Gulbekian. Não tão moderno como alguns pares europeus, mesmo assim é um ótimo passeio para as crianças, que lá encontrarão a “estrela de Belém”, que batiza o bairro, em uma viagem ao céu de 25 de dezembro de 2 mil anos atrás.

Quando for a Sintra, não deixe de visitar o Castelo dos Mouros, que domina a vila. Suas muralhas e torres, com vistas para todo o amplo entorno, são ao mesmo tempo dramáticas e divertidas. Aqui os jovens poderão fantasiar sobre a dominação árabe frente ao avanço das forças católicas, tendo o Palácio da Pena de um lado e o Palácio Nacional de Sintra aos seus pés.

Já para os meninos (mas não só para eles), uma boa opção é assistir a uma partida de futebol. A mais poderosa equipe portuguesa manda suas partidas um pouco longe, no Porto, mas dois estádios, um próximo ao outro, sediam jogos das equipes locais Sporting Lisboa e Benfica. Clássicos modernizados, tanto o Estádio da Luz como o José Alvalade oferecem muito conforto a uma experiência um tanto maltratada por aqui.

Comprinhas

Nada de galinhos do tempo. Se há um tipo de loja que, definitivamente, vale a pena explorar em Lisboa, esta é, certamente, uma livraria. A oferta de títulos infantis e infanto-juvenis é ampla e provocativa. Histórias em quadrinhos de personagens clássicos e obras-primas da literatura lusófona recheiam prateleiras baixinhas, ao alcance de olhares curiosos. E, enquanto as crianças passam a tarde entre páginas coloridas, você também poderá garimpar títulos para si mesmo.

Leia mais:

48 Horas em Lisboa

Especial: viagem com crianças

Dicas para viajar com crianças

Os melhores destinos para crianças

Europa Barata: Portugal

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s