Ceará

Site: http://www.ce.gov.br

Capital: Fortaleza

População: 7.417.402 hab

Está na lista de cenários esperados no Ceará: uma jangada ao mar, deslizando sobre águas verdes e com lindas falésias coloridas ou dunas de areia branca compondo o quadro. E o melhor é que, com mais de 570 quilômetros de litoral, o estado não regateia e entrega muito mais do que o visitante vem buscar. Além das praias e do sol, tem artesanato de qualidade, com redes, trançados de cipó e carnaúba e renda de bilro, resultado da mistura da cultura indígena com técnicas europeias trazidas pelos colonizadores. A religião, outro traço forte do povo cearense, abre caminho para o turismo no sertão. Juazeiro do Norte desperta a curiosidade com os milhares de devotos espremidos em torno da gigantesca estátua de Padre Cícero, considerado milagreiro. Mas é na capital, Fortaleza, que uma alegre romaria acontece, especialmente no verão. Perto de 2,5 milhões de turistas por ano – o mesmo número de habitantes da cidade – escolhem passar as férias ali. E parece que todo mundo marca encontro na Praia do Futuro, a melhor orla urbana, na qual as megabarracas equipadas com restaurantes, internet wi-fi e até centro de estética vivem apinhadas. Na vizinha Aquiraz, a leste, é esticada obrigatória o Beach Park, na verdade um complexo que inclui uma barraca, toboáguas para todos os níveis de adrenalina e hotéis. A 35 quilômetros da capital, para o oeste, seu passeio de jangada está garantido na Praia do Cumbuco, com águas calmas e muito vento, o que atrai o colorido dos praticantes de kitesurfe. Essa turma foi descobrir na linda praia de Flecheiras, no município de Trairi, outros bons ventos para se soltar no mar puxados por pipas. Mas o destino mais desejado no litoral do estado é mesmo Jericoacoara, com dunas para passear de bugue e ver o pôr do sol, mar verdinho, vila charmosa e a Lagoa de Jijoca ali perto, para descansar nas redes dentro d’água. Como beleza nunca é demais, vale a pena avançar até Camocim, a 87 quilômetros de Jeri, para chegar a algumas das mais extraordinárias praias cearenses, Tatajuba e Maceió, com tudo que estava na sua lista dos desejos: mar, dunas brancas, coqueiros, lagoas. Para arrematar, mas aí com acesso só de bugue ou 4×4, Barra dos Remédios, onde as águas do rio se encontram com o mar – deserta e deslumbrante.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s