Serra da Estrela

Fuso horário: +3h (horário de Brasília)

No inverno, a neve toma conta do pedaço e a Serra da Estrela vira o centro da diversão nacional por causa da sua estação de esqui. O ponto mais alto alcança 1.993 metros e está marcado por uma torre de pedra. Nas encostas, pipocam povoações de granito, rebanhos de ovelhas e pousadas de charme. E pelos arredores há aldeias erguidas em pedra escura, escondidas entre rios e vegetação, como Candal, Monsanto, Piódão e Sortelha. No verão, a serra não perde a graça. Lagoas  formadas pelo degelo tratam de decorar a paisagem. Você pode fazer de Seia ou da Covilhã, duas cidades na base da Serra da Estrela, seu acampamento e, a partir delas, descobrir toda a região.

COMO CHEGAR

De Coimbra, são 94 quilômetros até Seia e 150 até Covilhã (não há pedágio). Quem sai de Lisboa, faz 295 quilômetros até Seia e 250 até Covilhã (€ 5,50 de pedágio). Do Porto são 180 quilômetros até Seia e 230 até Covilhã (€ 3,15 de pedágio). O ônibus (rede-expressos.pt) e o trem (cp.pt) são outros meios de alcançar esses destinos. Mas o ideal aqui é ter carro para poder circular pelos arredores.

Informações ao viajante

Línguas: Português

Saúde: Para entrar em Portugal, nenhuma vacina é obrigatória.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s