São Petersburgo

Site: http://www.saint-petersburg.com, http://www.visit-petersburg.com

População: 4.848.700 hab

Fuso horário: +6h (horário de Brasília)

Distância de outras cidades: Moscou 632 km

Quando ainda não era conhecido como O Grande, o jovem príncipe Pedro passava boa parte de seu tempo entre homens do povo, absorvendo ideias que vinham de terras distantes e despendendo tempo construindo barcos e criando estratégias militares com seus exércitos de brinquedo. Quando ele se tornou o czar de todas as Rússias, hábil general e o homem que tirou o país da era medieval, resolveu construir uma nova capital, moderna e com refinados ares europeus, num grande pântano no Báltico. Nascia São Petersburgo. Renomeada Petrogrado e posteriormente Leningrado, quando a perestroika de Mikhail Gorbachev acelerou a queda do comunismo o nome original retornaria aos mapas.

O elegante desenho urbano estabelecido sobre um extensa rede de canais e ilhotas é repleto de edifícios barrocos, palácios extravagantes e igrejas luxuosas. Os óbvios destaques são o Museu Hermitage, um dos melhores do planeta em arte ocidental, o Palácio de Catarina e a Catedral de Pedro e Paulo, mas boa parte da diversão está em caminhar por suas agradáveis ruas e canais.

No alto do verão a cidade vive um hipnótico crepúsculo durante toda a madrugada, fenômeno conhecido como ‘noites brancas’, eternizado no conto de Dostoievski. Isso seguramente vem a calhar para os que gostam da vida noturna, mas também afeta seu relógio biológico. Pelo menos é melhor que seu oposto no inverno, quando o sol do meio-dia está praticamente deitado no horizonte, provocando uma forte sensação de melancolia, preparando-o para uma longa e escura noite.

Mais moderna e cosmopolita cidade russa desde sua fundação, aqui as opções de entretenimento são várias e de alto nível, com o Balé Mariinsky, ainda mais conhecido pelo seu antigo nome, o Kirov.

COMO CHEGAR

O aeroporto de Pulkovo conecta São Petersburgo há várias cidades na Europa. Vans e ônibus (linha 39) ligam o aeroporto ao centro da cidade com saídas frequentes. A jornada leva cerca de 35 minutos.

Via terrestre a cidade pode ser alcançada a partir de Moscou (viagens de 4 a 5 horas com o serviço de alta velocidade Sapsan) ou Helsinki, na Finlândia (3h30, através do serviço Allegro, da VR). Serviços via marítima com ferries de alta velocidade partem também de Tallinn, na Estônia, e Helsinki, mas é bom checar com antecedência sua disponibilidade, assim como linhas rodoviárias para cidades bálticas como Riga, na Letônia, com a Ecolines (ônibus noturnas, 12h).

Informações ao viajante

Línguas: russo

Saúde: Exige certificado internacional de vacinação contra febre amarela


Melhor época para visitar: De setembro a dezembro, no outono, as temperaturas não estão tão baixas, as cidades ficam mais tranquilas e as árvores ganham um tom amarelo-avermelhado.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s