Costa Amalfitana

Site: http://www.comune.amalfi.sa.it, http://www.amalfitouristoffice.it

População: 5.000 hab

Fuso horário: +4h (horário de Brasília)

Distância de outras cidades: Roma 291 km, Florença 537 km, Milão 838 km, Siena 498 km, Pisa 624 km

Ao sul de Nápoles, mais ou menos na canela da graciosa bota que é o mapa da Itália, esse paraíso do Mar Tirreno atrai famosos, milionários ou simplesmente entusiastas de um litoral maravilhoso. A costa de 50 quilômetros é um verdadeiro showroom de exuberância natural, com mar azulzíssimo, vistas espetaculares, estradinhas com vilarejos incríveis, luxo, glamour – e, evidentemente, preços salgados e praias cheias (sobretudo no verão). A Costa Amalfitana delimita-se ao norte por Vietri Sul Mare, um pouquinho acima de Salerno, e ao sul pela Península de Sorrento. Os points recomendáveis são vários: em Amalfi, principal cidade da região e uma das com melhor infraestrutura turística, existe uma impressionante catedral do século 9, erguida sob a influência de estilos diferentes como bizantino, barroco e árabe-normando. Positano faz o visitante esfregar os olhos diante de suas casinhas, posicionadas no morro íngreme, deslumbrantes quando iluminadas à noite, e fica pertinho da Grotta dello Smeraldo, uma espetacular caverna com águas entre o verde e o azul-turquesa. Já as vistas de Ravello, sede de importante festival de música (www.ravellofestival.com), são páreo para as ilhas gregas. A vista a partir de Villa Rufolo, sobre dramáticos penhascos, é belíssima. E as praias como as das cidadezinhas Maiori e Minori são imperdíveis.

COMO CHEGAR

De Nápoles é possível pegar um trem da Cirvumvesuviana (081/772-2444, www.vesuviana.it) para Sorrento ou um da Trenitalia (www.trenitalia.it) para Salerno. Para se mover entre os lugarejos da costa, utilize os ônibus da Sita (www.sitabus.it).

Melhor ainda, alugue um carro e curta a paisagem, fazendo paradas estratégicas entre restaurantes e praias que salpicam a Costa Amalfitana.

Informações ao viajante

Línguas: Italiano

Saúde: Para entrar na Itália, nenhuma vacina é obrigatória.


Melhor época para visitar: De maneira geral, a primavera (março a junho) e o outono (setembro a dezembro) são agradáveis, com temperaturas moderadas. O verão (junho a setembro) é muito quente e seco no sul, com termômetros acima de 30ºC, o que pode ser uma boa para quem vai para a Costa Almalfitana.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s