Caxias do Sul

Site: http://caxias.tur.br

População: 446.911 hab

DDD: 54

Estado: Rio Grande do Sul

Distância de outras cidades: Bento Gonçalves: 39 km; Gramado: 75 km; Porto Alegre: 137 km.

Hotéis e restaurantes têm perfil executivo, o que pode ser explicado pela quantidade de indústrias instaladas ao redor da cidade. As melhores atrações estão organizadas nos seis Roteiros Turísticos oficiais, que mostram o lado histórico da região – marcado pela colonização italiana. Prepare-se para comer bastante nas galeterias: além do galeto em si, um rodízio de acompanhamentos deixa a mesa cheia. Se quiser curtir a noite, conheça os bares que ficam no Moinho da Estação, no bairro de São Pelegrino.

COMO CHEGAR

A partir de Porto Alegre, há duas maneiras de chegar a Caxias do Sul. O trajeto mais longo, de 130 quilômetros, porém, com belas paisagens, é pela BR-116, duplicada até Estância Velha. A partir dali, você percorre 85 quilômetros no trecho de serra, em pista simples e sinuosa. 

No roteiro mais rápido, de 128 quilômetros, siga pela BR-116 e, entre São Leopoldo e Novo Hamburgo, vire à esquerda na RS-240 e na RS-122. A estrada segue duplicada até São Vendelino, que tem trecho de serra e pista simples de 21 quilômetros até Farroupilha. De lá, são mais 18 quilômetros em pista dupla até Caxias do Sul. 

COMO CIRCULAR

É a maior cidade da Serra Gaúcha, com trânsito intenso no Centro. Como muitas atrações e restaurantes ficam na estrada para Farroupilha, uma boa opção para fugir do tráfego é seguir pela Avenida Perimetral.

ONDE FICAR

Ideal para executivos, o Intercity Premium fica na saída para Bento Gonçalves, ao lado do Shopping Iguatemi, e conta com boa bancada de trabalho nos quartos. Já o Blue Tree Towers está a duas quadras da Igreja de São Pelegrino. Se você quer fugir do agito do Centro e ter a natureza à sua volta, a dica é o hotel Samuara, instalado em um prédio da década de 50.

Veja mais hospedagens avaliadas pelo GUIA QUATRO RODAS

ONDE COMER

Comida típica

Ao lado dos rodízios de carne, as galeterias são uma espécie de instituição gaúcha. As casas do gênero servem o chamado galeto italiano, uma herança dos imigrantes de costumavam degustar a passarinhada na terra natal – feita com pombos ou aves de caça. No Brasil, eles foram substituídos por frangos, a maioria abatida al primo canto (ao primeiro canto), ou seja, entre o 25º e o 30º dia de vida. O galeto, temperado com sálvia, sal e vinho branco, é assado em brasa de carvão. O rodízio acompanha sopa de agnolini (capelete), maionese, radicce (almeirão) com bacon, polenta e massas caseiras como o torteli (recheado com abóbora).

Para provar o prato, visite os restaurantes especializados em rodízio de galeto, como o Casa di Paolo (no bairro N. Senhora de Lourdes ou no Shopping Iguatemi), Zanotto, Alvorada e o Galeto Brasile.

Veja mais restaurantes avaliados pelo GUIA QUATRO RODAS

O QUE FAZER

Roteiros Turísticos

As atrações de Caxias foram divididas em seis roteiros. La Città (Roteiro Urbano) engloba os principais pontos turísticos do Centro; Vale Trentino reúne dez atrações, entre vinícolas, restaurantes, o parque hotel Samuara, o Museu da Uva e do Vinho; Estrada do Imigrante tem casas de madeira e de pedra do início da colonização, entre elas as Casas Bonnet, em Ana Rech, visita à “Vila dos Presépios”, restaurantes e à Château Lacave; em Caminhos da Colônia estão vinícolas como Zanrosso e Tonet, além de restaurantes italianos; Criúva, por fim, tem piscinas naturais, cascatas e trilhas.Todos os roteiros estão sinalizados e é possível retirar os mapinhas em quiosques na praça central, rodoviária, aeroporto e no pavilhão da Festa da Uva. A Secretaria de Turismo (0800-541-1875) indica guias para acompanhar turistas.

Veja mais atrações avaliadas pelo GUIA QUATRO RODAS

LOGO ALI

Flores da Cunha 

A cidade de Flores da Cunha, a 20 quilômetros de Caxias do Sul, é a maior produtora de vinhos do país: são cerca de 80 milhões de litros por ano. Algumas das 200 vinícolas têm estrutura para receber visitantes (incluindo degustações). Com sistema de vinificação por gravidade, a Luiz Argenta é a mais moderna – e só produz vinhos finos. Boscato, Monte Reale e Panizzon têm produção em larga escala e a Salvador concentra a fabricação em um galpão ao lado da loja. No Centro, repare na arquitetura gótica da Igreja Matriz Nossa Senhora de Lourdes. Ao lado fica a Torre de Pedra, um campanário de 55 metros.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s