Cascais e Estoril

Site: http://www.cm-cascais.pt

População: 188.000 hab

Fuso horário: +3h (horário de Brasília)

Distância de outras cidades: Lisboa 32km, Sintra 16km, Viana do Castelo 413km, Barcelos 400km, Faro 301km, Albufeira 280km, Évora 155km.

Uma sucessão de belíssimas praias cercadas por rochedos, fortalezas, casarões luxuosos e restaurantes à beira-mar descortina-se diante dos olhos de quem parte de Lisboa rumo a Carcavelas, Estoril e Cascais, onde o Rio Tejo cede lugar à imensidão do Oceano Atlântico. Foi de lá que, cinco séculos atrás, partiram os primeiros descobridores e para lá regressaram as naus com tesouros da África, especiarias da Índia e ouro do Brasil. Ponto final de uma linha de trem que sai do Cais do Sodré, na Baixa de Lisboa, Cascais é pródiga em opções de atividades radicais e outras modalidades que bem revelam o perfil elitista da região, como equitação, polo, tênis, windsurfe e golfe. Se não é o seu caso, aproveite a visita para conferir as propriedades terapêuticas das praias de Parede e Santo Amaro, acompanhar as técnicas tradicionais de pesca na Orla dos Pescadores, deliciar-se com os temperos que fazem da região uma expert em mariscos, assistir ao espetáculo das águas que se chocam contra os rochedos da Boca do Inferno ou apenas ficar de papo pro ar tomando um sol com toda a pompa a que o cenário dá direito.

COMO CHEGAR

O caminho entre Lisboa e Cascais ganhou o apelido de “A Linha”. Basta seguir o curso do Tejo e, quando ele termina, o do oceano. Dá para seguir para Cascais por essa estrada costeira – a Marginal – ou pela autopista A-5, se quiser ir mais depressa (a velocidade máxima na Marginal é de 70 quilômetros por hora). Outra opção é o trem que parte da estação Cais do Sodré, num percurso que demora 35 minutos. Chega-se a Cascais também de ônibus, que fazem a ligação com Sintra e Lisboa.

Informações ao viajante

Línguas: Português

Saúde: Para entrar em Portugal, nenhuma vacina é obrigatória.


Melhor época para visitar: As estações mais agradáveis em Portugal são a primavera (especialmente os meses de abril e maio) e o finalzinho do verão (setembro). Em agosto tudo fica mais caro e concorrido, porque é época de férias na Europa. Mas é claro que é uma época ótima para curtir as praias.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s