O que fazer em NY no inverno

Aproveite que no inverno em Nova York há ingressos por menos de US$ 30 para eventos esportivos, concertos, espetáculos de dança e até ópera! :)

Confesso que, quando me mudei para Nova York, tinha muito medo do inverno. Menos pelo frio e mais pelo sol, já que todo mundo me avisou que eu sentiria falta dele. E como!

Eu também fiquei mal nas primeiras semanas com as noites chegando supercedo, antes das cinco tudo já estava escuro e meu corpo estranhou um bocado. Mas… O que ninguém me contou é que na estação mais fria e difícil do ano há uma programação cultural intensa e maravilhosa na cidade.

Sim, quando você vem a turismo é diferente, torce para nevar, para poder brincar no congelante Central Park, onde há a pista de patinação no gelo com a melhor vista, eu sei!

Mas esse post é um convite para conhecer um outro lado do inverno em NY, que vai até 20 de março. Quando você estiver cansado do vento gelado na cara, no Highline ou na Times Square, lembrará com carinho das minhas dicas 😉

Programação de inverno do Lincoln Center

Estou apaixonada por esse lugar e por tudo o que ele oferece, por preços populares (se você se programar, claro). Por US$ 30 dá para ver uma ópera, um concerto ou uma apresentação de dança. E com alguns dos melhores artistas do mundo!

Essa semana, fui ver uma apresentação da Filarmônica de NY, que está comemorando 175 anos, e me emocionei em vários momentos. É sublime, assim como a Ópera do Metropolitan, que nós normalmente ignoramos nas viagens, por achar que é erudito ou chato demais. Se dê uma chance de ser surpreendido!

E, se vier para NY até o início de março, vale a pena se cadastrar na loteria online, que sorteia ingressos para os eventos mais concorridos do Lincoln Center por US$ 30 e, às vezes, até por US$ 15!

Eventos esportivos no inverno em Nova York

Ver um jogo de basquete ou hockey em Nova York é uma experiência bem interessante, até para quem não sabe muito bem as regras ou não tem um time do coração. Isso porque, nos intervalos e até durante o jogo, há muita interação com a platéia e tudo é grandioso.

A estrutura do Barclays Center, por exemplo, vale a visita – aproveite para comer no Shake Shack, umas das dicas do meu post sobre fast food em NY. E há ingressos para os jogos por menos de US$ 30! Você pode acompanhar as melhores promoções na parte de “Deals” do Ticketmaster ou em sites como o Ticketliquidator.

Que tal assistir uma partida de basquete e ainda concorrer a camisetas e outros prêmios no intervalo?

Que tal assistir uma partida de basquete e ainda concorrer a camisetas e outros prêmios no intervalo? (Shinya Suzuki/Flickr/Creative Commons)

Exposições de arte

A cidade está mais politizada após as eleições, isso quer dizer que você provavelmente verá alguma manifestação durante a sua visita e também perceberá esse movimento de resistência em outros ambientes, como em museus.

O MoMA, por exemplo, está destacando obras de artistas de países majoritariamente muçulmanos, como Iraque e Irã, entre a sua coleção permanente. O que há de político nisso? Essa seleção é uma resposta e forma de protesto contra a ordem do presidente Trump, de barrar a entrada de pessoas de sete países com esse perfil.

No International Center of Photography está em cartaz até 7 de maio uma mostra de fotos que retratam os principais eventos políticos e sociais dos últimos anos. A exposição, nomeada Perpetual Revolution, é dividida em cinco temas principais: #blacklivesmatter, gênero, mudanças climáticas, propaganda terrorista e crise dos refugiados. Parece pesado? É uma das melhores aulas de história que você terá nesse ano e você pode para pagar o quanto quiser por ela, toda quinta-feira, a partir das 18h.

Ah! E aproveite para ver também o meu outro post, sobre atrações com entrada free ou onde é você quem define o preço do ingresso! 🙂

Pra não dizer que não falei das flores…

A partir do dia 27 de fevereiro e até 17 de abril, o New York Botanic Garden estará com milhares de orquídeas em flor dentro de sua belíssima casa de vidro. Além de ver diversas espécies da planta, você pode aprender como cuidar melhor dela com os especialistas do jardim botânico, que farão algumas apresentações para os visitantes.

Gostou das dicas? Tem alguma sugestão ou dúvida? Comente!

Se você quiser acompanhar as minhas descobertas diárias em NY, é só me seguir no Instagram ou no Twitter! 🙂

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Mauro Thomé

    Seja no inverno pu verão, NY é sempre NY!

    Curtir