Como aproveitar ao máximo uma trilha no meio da natureza

Chegar lá é só um detalhe: um pequeno manual para você curtir (de verdade) uma trilha no meio do mato

Estive na Chapada dos Veadeiros, em Goiás, nos primeiros dias de 2017, e fiz trilhas para encontrar cachoeiras todos os 10 dias que passei ali.

Muito me surpreendeu a quantidade de pessoas que caminhavam nas trilhas no meio do cerrado sem estarem, de fato, presentes no lugar. Para elas, o importante era chegar na cachoeira. Não interessava o caminho.

Uma pena.

Porque fazer uma trilha no meio da natureza é uma bela maneira de se conectar ao lugar em que você está. É o momento perfeito de se preparar, da maneira mais adequada possível, para o encontro com a grandiosidade que te espera no fim do caminho.

E é por isso que criei este pequeno manual para você fazer uma trilha estando presente, curtindo o momento e imerso na natureza:

1. Vá devagar (e pare de vez em quando)

Aprenda a ser gracioso como um bicho-preguiça <3

Aprenda a ser gracioso como um bicho-preguiça ❤ (Giphy.com)

Não precisa correr. O fim da trilha existe, e se você se programou minimamente, sabe que ele está lá.

É FATO

Andando mais devagar, você observa melhor os obstáculos no caminho e evita tropeçar, cair, torcer o pé, raspar a cabeça num galho e acabar com a diversão.

2. Não ouça música

Corte os fones de ouvido da sua trilha!

Corte os fones de ouvido da sua trilha! (Giphy.com)

Guarde os fones de ouvido e as caixas de som para outra ocasião. Há tanta coisa para se ouvir numa trilha que a música é um item desnecessário. Se você tiver sorte, terá a honra de ouvir uma sintonia única dos insetos e dos pássaros.

É FATO

Ouvir os sons da trilha te deixa mais ligado nos perigos ao seu redor. Afinal, todos sabemos como é o som do chocalho de uma cascavel. Se não souber, aí vai um vídeo (cuidado, as cenas são fortes):

3. Evite conversar com os companheiros de trilha

Silêncio, garota!

Silêncio, garota! (Giphy.com)

Tente conversar apenas o necessário. Interaja com seus companheiros apenas para mostrar algo que te chamou atenção, ou para falar sobre o lugar em que estão. Falar sobre como é a sua vida na cidade ou sobre qualquer assunto que não tenha a ver com o momento só vai te tirar de lá.

É FATO

Você e seus amigos só conseguirão observar animais por perto se estiver calado. A conversa assusta os animais (principalmente os pássaros).

4. Observe as coisas ao seu redor

Fique à espreita!

Fique à espreita! (Giphy.com)

E não é só olhar. Sinta os cheiros diferentes, as texturas das folhas e dos troncos das árvores, tente buscar o som diferente de algum pássaro que está por perto para observá-lo com os olhos, também.

É FATO

Observar os seus arredores é um dos pilares da técnica de meditação mindfulness (que também é chamada de “atenção plena”).

5. Respire

R-E-S-P-I-R-E

R-E-S-P-I-R-E (Giphy.com)

As trilhas podem ser pesadas, às vezes. Aproveite para respirar o ar puro da natureza enquanto faz a caminhada.

É FATO

Respirar corretamente te ajuda a ser uma pessoa mais saudável.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s