Grand Canyon

Avaliação do Guia Quatro Rodas starsstarsstarsstarsstarsVale a viagem

Endereço: Parque Nacional Grand Canyon, Arizona - Traçar rota

Telefone: (1) (928) 638-7888

Site: http://www.nps.gov

Horário de funcionamento

South Rim: aberto 24h por dia, 365 dias ao ano; centros de visitação abertos em horários diversos. North Rim: aberto de meados de maio a meados de outubro, 24h.

O maior e mais espetacular cânion do planeta, o Grand Canyon, é uma aula de geologia, uma tremenda aventura e show de cores, tudo ao mesmo tempo. Tal é sua imensidão que para conhecê-lo pode-se abrir mão de vários meios: descer as ribanceiras no lombo de uma mula, encarar uma descida pelo rio lá embaixo com caiaque ou bote, fazer caminhadas que podem levar de algumas poucas horas a até vários bons dias ou, para os mais abonados, embarcar em um helicóptero para um voo memorável.

A ação do caudaloso rio Colorado erodiu, por centenas de milhares de anos, o terreno avermelhado do deserto. O resultado é um vale com vistas deslumbrantes. São 446 km de extensão por 29 km de largura, com penhascos que chegam a atingir 1600 metros de profundidade.

O jeito mais fácil de explorar o Grand Canyon é embarcando em um tour organizado saindo de Las Vegas. E a melhor maneira é alugar um carro para fazer paradas mais calmas e contemplativas. Um dos pontos de observação mais populares é o Grand Canyon Skywalk, no condado de Mohave, Arizona. Uma plataforma em U, com piso transparente, debruça-se sobre o precipício, numa queda vertical de centenas de metros. A atração fica a 200 km de Las Vegas.

A parte mais acessível para boa parte dos turistas é a margem sul, o South Rim. Dali, é possível ter vistas fascinantes a partir de Desert View, Hermits Rest e do Grand Canyon Village. Esta área fica aberta o ano todo para os visitantes, ao contrário da margem norte, o North Rim. Este, muito menos acessível por estradas – e também por Las Vegas – fica, em média, 300 metros mais alta. A temporada por aqui é bem curta, de meados de maio a meados de outubro.

Em linha direta, o North e o South Rim estão separados por apenas 10 km, mas, por rodovias, a jornada é de incríveis 354 km. Estas duas bordas são populares para deseja apenas admirar as incríveis vistas panorâmicas e as formações geológicas de longe, e com segurança.

Quem tem espírito mais aventureiro mete-se dentro do buracão, o Inner Canyon, para atividades tão diversas como rafting em balsas que descem o rio Colorado, trilhas de bicicleta e hiking ou vertiginosos passeios no lombo de uma mula.

Como cruzar o Grand Canyon

Em seus 1207 km de extensão, há apenas 7 pontes sobre o rio Colorado. Dentro do Grand Canyon só há duas opções.

Para quem vai a pé, a alternativa é a ponte pênsil do Kaiba Trail. Ele faz parte de um trekking de 34 km, com uma descida e uma subida de 1 milha (1600 metros) de diferença vertical. Muitas operadoras de passeios aconselham um pernoite.

De carro, a Navajo Bridge, a 231 km da South Rim Village, é a opção.

Centros de visitação

Os visitor center são ótimos pontos de informação, alimentação e descanso ao longo do Parque Nacional. Eles são bem equipados com lanchonetes, restaurantes, lojas de suvenir, banheiros e até área de abastecimento. No South Rim os pontos são:

• The Grand Canyon Visitor Center (Mather Point. Abre das 8h às 17h, no verão)

• Verkamp’s Visitor Center (das 8h às 17h, no verão)

• Yavapai Geology Museum (das 8h às 17h, no verão)

• Kolbi Studio (Bright Angel Trailhead, das 8h às 17h, no verão)

• Desert View (das 8h às 18h, no verão)

Do lado norte você encontra o North Rim Visitor Center, próximo ao Bright Angel Peninsula. Ele fica aberto de maio a outubro, das 8h às 16h.

Passeio de mula

Os passeios em mulas em apertadas trilhas sobre o canyon é uma atividade bem interessante. Basta ter mais de 7 anos de idade e menos de 100 kg de peso. Estão disponíveis desde passeios de uma hora a jornadas de mais de 3 dias. Mais informações no Grand Canyon National Park Lodges (sul) e no Grand Canyon Rides (norte).

Rafting

Há diversas excursões para descer as corredeiras do rio Colorado em botes infláveis. Se você é um praticante experimetado, a viagem de Diamondo Creek a Lake Mead leva de 2 a 5 dias, sendo necessário um registro junto às autoridades do parque.

Para quem quer embarcar num passeio organizado, a operadora Colorado River Discovery promove descidas de meio-dia ou dia inteiro de Glen Canyon a Lees Ferry. O ponto de partida é a cidade de Page, a 140 km do South Rim.

Transporte

Pare seu carro em um dos estacionamentos do Parque e utilize o serviço gratuito de shuttle bus que serve boa parte dos principais atrativos e áreas de observação do South Rim.

Atualizado em 4/9/2015.

Informações

local_parking
Estacionamento Estacionamento (pago)
room_service
Serviços Com vista panorâmica
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s