Castelo Himeji-jo

Avaliação do Guia Quatro Rodas starsstarsstarsstarsstarsSem classificação

Endereço: Himeji-koen - Traçar rota

Horário de funcionamento

Set/mai: 9h/16h, jun/ago: 9h/17h

Formas de pagamento

¥600 (adultos),¥200 (crianças)

Simplesmente uma das melhores atrações turísticas do Japão.

Houve uma época em que todas as grandes cidades japonesas eram defendidas por uma família feudal, protegidas por magnificos castelos com torres de vigia, complexos sistemas defensivos, fossos e pátios concêntricos. Com a unificação e pacificação do país no século 17, boa parte dessas construções se tornaram obsoletas e sem utilidade. A falta de manutenção fez muitas delas ruirem. Entre o fim do governo dos xoguns Tokugawa e a restauração do poder imperial no século 19, outros tantos fortes foram incendiados em meio à revoltas. Terremotos, mais incêndios e os bombardeios americanos durante a II Guerra deram fim ao que restou dos outrora poderosos castelos nipônicos. Tóquio, Osaka, Kyoto, Nagoya, Fukuoka e Kumamoto, todas deixaram de ter seus símbolos do poder dos samurais em seu formato original. No entanto, o mais belo de todos, o Castelo Himeji, milagrosamente sobreviveu a tudo isso e hoje é listado como patrimônio da humanidade pela Unesco.

Suas origens remontam do século 14, mas sob os clãs Ikeda e Honda ele ganhou suas atuais feições nas primeiras décadas do século 17. Seu sistema defensivo, com fosso, corredores confusos e posições privilegiadas para atiradores (de espingardas, arco e flechas ou mesmo pedras) fazem a alegria dos amantes da engenharia bélica. Uma de suas características físicas mais curiosas é o fato de que, apesar de a torre principal parecer, do exterior, ter cinco andares, ela na verdade possui sete pavimentos. Em seu interior há um pequeno museu com espadas e armaduras samurai.

A beleza de todo o conjunto é tal que frequentemente é utilizado como set de filmagem para filmes, novelas e comerciais, incluindo fitas clássicas de Akira Kurosawa, como Kagemusha (1980) e Ran (1985).

Há um tour guiado grátis em inglês. Informe-se na bilheteria.

Atenção: o castelo está passando por um amplo trabalho de reformas e estará parcialmente coberto por tapumes até 2015. No entanto, boa parte de seus precintos continuarão abertos a visitação.

Informações

local_parking
Estacionamento Sem estacionamento
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s